terça-feira, 21/maio/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá: faltam 51% dos medicamentos na Farmácia de Alto Custo

PUBLICIDADE

Faltam 51% dos medicamentos na Farmácia de Alto Custo, informou o diretor da unidade, Sílvio Machado. Da lista de 197 remédios, 100 estão em falta. A previsão da Secretaria de Estado de Saúde era de que até o dia 15 de junho a situação estaria regularizada. No entanto, isso não aconteceu.

Após o episódio dos medicamentos vencidos, o governo do Estado afirmou que o estoque da Farmácia seria regularizado. Ao entregar nove ambulâncias ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no dia 18 de junho, o secretário de Estado de Saúde, Mauri Rodrigues de Lima, afirmou que o governo estava finalizando o procedimento de compra dos remédios, que deviam chegar na próxima semana.

"No final do mês de maio, era essa a perspectiva, de que os remédios chegariam no dia 15 de junho, e temos um estresse maior por essa expectativa, de ter que informar aos pacientes que não temos o remédio", disse Sílvio.

Para o diretor, a dificuldade não é financeira, mas de aquisição. "O governo já realizou repasse para a Secretaria de Estado de Saúde para a compra dos medicamentos, mas se não foi comprado ainda, é por um problema de aquisição".

O governador Silval Barbosa (PMDB) afirmou que os medicamentos já estão sendo repostos. "Grande parte dos medicamentos que compramos já chegaram, tanto que a lista do Ministério da Saúde é de apenas 90 medicamentos, e a nossa possui 197".

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Mais de 3,3 mil animais foram vacinados na campanha antirrábica em Sinop

A equipe do Centro de Combate às Endemias informou...

Equipes identificam 6,6 mil focos de dengue em Sinop; 201 casos confirmados

O Centro de Combate às Endemias divulgou hoje balanço...

Demanda cresce e pronto atendimento de Alta Floresta vai para novo local

O poder executivo definiu, via termo de inexigibilidade, a...
PUBLICIDADE