Saúde

Criança de 4 anos morre vítima de catapora em Feliz Natal

A Secretaria Municipal de Saúde de Feliz Natal registrou, há cerca de duas semanas, uma fatalidade entre os casos de catapora notificados no município. Foi a morte do pequeno N.A.S., de apenas 4 anos de idade, que foi vítima de catapora.

Segundo o médico Evandro Souza, que atendeu a criança, ele já deu entrada no hospital com quadro de sepse avançado (infecção generalizada). A investigação do caso apontou que a criança estava com catapora há mais de 10 dias e sendo tratada em casa, pelos pais.

“O pai do menino não me disse, mas eu estive me informando e descobri que ele estourou as bolhas no corpo do filho com espinho de laranja e isso é o que pode ter causado a infecção”, explicou ao Só Notícias.

A secretária Municipal de Saúde de Feliz Natal, Leonilda dos Santos, lamenta a morte e afirma que o problema foi uma “fatalidade. É lamentável ver que a falta de higiene e cuidados especiais com a criança chegou a causar sepsemia. A catapora não tem um tratamento específico ou uma vacina, o que existe mesmo são alguns cuidados que devem ser tomados enquanto o paciente apresentar as feridas no corpo”, disse, ao Só Notícias.

De acordo com a secretária, desde janeiro até o momento, 42 casos de catapora foram registrados pela secretaria, em uma população de 14 mil habitantes. Hoje a secretaria faz a distribuição de antialérgicos.