Saúde

Crescem notificações por dengue e Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum tem mortes

A secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso registrou 2 mil casos notificados de dengue no município, de janeiro até início de junho. No ano anterior foram 726 casos, no mesmo período. O Escritório Regional de Saúde de Sinop é o segundo de Mato Grosso na classificação de alto risco para dengue, com 11.254 casos notificados. Os municípios que fazem parte do escritório e com maior quantidade de casos são Lucas do Rio Verde com 2.589 mil, Sorriso 2.310 mil casos e Nova Mutum com 1.970 mil.

Foram confirmados 13 mortes por dengue no Estado, sete deles na região Norte – dois em Lucas do Rio Verde, Nova Mutum dois casos, Sinop também registrou duas mortes um em Sorriso.

Segundo o Levantamento do Índice Rápido para Aedes Aegypti (LIRAa), realizado pela equipe do Centro de Combate às Endemias da secretaria de Saúde de Sinop, o índice de infestação do mosquito caiu 1,9% entre os três levantamentos que são realizados anualmente. Em janeiro o índice seria de 7,1% e em abril 5%.

Conforme Só Notícias já informou, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com o Laboratório Central de Mato Grosso, identificou a circulação da nova cepa da dengue, o genótipo do sorotipo II do vírus, conhecido como cosmopolita. Os casos identificados no Estado são provenientes de Cuiabá, Nortelândia e Sorriso. A cepa está presente na Ásia, Oriente Médio, e África. No Brasil, o primeiro caso foi registrado em Goiás e, em seguida, foram identificados casos em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Mato Grosso.

Redação Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)