Saúde

Campanha para vacinar idosos contra a gripe começa segunda-feira

Começa na próxima segunda-feira a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso, que pretende vacinar até o começo de maio aproximadamente 11 milhões de idosos de todo o país contra a gripe. O número equivale a 70% dos 15,7 milhões de brasileiros que têm mais de 60 anos. Outro grupo beneficiado pela campanha é o de pessoas portadoras de doenças crônicas, principalmente renais e pneumáticas.

Doses da vacina estarão disponíveis em todos os postos de saúde do país. Somente no Estado de São Paulo, são cerca de 5.300. Durante a campanha, haverá também um sábado dedicado à vacinação: o dia 29 de abril. Neste dia, o número de postos sobre para mais de 6.000.

Os idosos são alvo da campanha pelo oitavo ano consecutivo por estarem mais suscetíveis ao desenvolvimento de complicações da gripe, de acordo com a coordenadora da Divisão de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Helena Sato.

Sato afirma que a vacina previne em 80% a ocorrência de complicações. A mais comum delas é a pneumonia que, muitas vezes, leva até à internação.

De acordo com Sato, apenas cerca de 5% dos idosos vacinados apresentam algum tipo de reação ao medicamento, como febre baixa nos dois primeiros dias e dor no local da aplicação da vacina. Ela esclarece ainda que a vacina não causa gripe pois é feita a partir de vírus mortos.

“Muitas pessoas têm deixado de se vacinar porque não entendem a real importância da campanha. Qualquer um pode tomar a vacina. Mesmo quem está gripado, com febre, ou tomando outro remédio.”