Saúde

Aftosa na Bolívia faz Mato Grosso intensificar fiscalização e antecipar campanha

Mato Grosso vai intensificar a fiscalização nos 780 quilômetros de fronteira seca do Estado com a Bolívia depois da notificação de focos de febre aftosa em quatro cidades bolivianas, no Departamento de Santa Cruz. Para a fiscalização na área paralela à fronteira, o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso terá duas equipes atuando durante 24 horas, na formação de barreiras sanitárias que contarão com reforço de profissionais médicos veterinários, técnicos e epidemiologistas se somando aos 14 que já atuam na área paralela à Bolívia, uma faixa que se estende do município de Cáceres até Comodoro, passando por Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Leia mais em Agronotícias