Saúde

200 pessoas fazem exame de câncer de pele em Sinop

No último sábado (18) uma equipe formada por médicos dermatologistas e agentes da Secretaria de Saúde de Sinop atendeu cerca de 200 pessoas, no Posto de Saúde Central, a fim de diagnosticar os que possuem câncer de pele. No período da manhã, das 8h ao meio dia, as pessoas passaram por uma triagem e, posteriormente, uma consulta. Os casos suspeitos ou detectados foram agendados para o período da tarde para que fossem efetuadas micro-cirurgias.

O ato, realizado em todo o Brasil, pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), contou com 3mil dermatologistas que, gratuitamente, se mobilizaram para prestar atendimento nos casos de câncer. As atenções foram bastante focadas nas crianças, pois, segundo os dermatologistas as pesquisas realizadas pela SBD revelaram que, se os cuidados com a pele forem uma prática desde a infância, a incidência do câncer em um adulto pode ser reduzida em até 85%.

A aposentada Maria do Carmo Santos Camargo, de 60 anos, que já havia consultado um dermatologista antes, disse estar aproveitando a oportunidade da gratuidade da consulta, pois está sempre exposta ao sol e sabe dos riscos que se corre por essa prática.

“Isso que a Prefeitura e todo o pessoal fez aqui é uma coisa muito boa, principalmente para quem não pode pagar. Eu uso sempre filtro solar, mas sei que nossa região precisa de cuidados mais sérios, até porque esse sol daqui é muito forte. Acho até que poucos lugares do Brasil têm um sol tão forte assim”, elogia a aposentada descontraindo a situação.

O câncer de pele é o câncer de maior incidência no Brasil. Em 2005, foram registrados, pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), 119mil novos casos. Em cima de números alarmantes como este e, levando em consideração, o fato de que no Brasil pele bronzeada é sinônimo de beleza e saúde, a SBD criou, em 1999, o Programa Nacional de Controle ao Câncer de Pelo (PNCCP), realizado, este ano, no dia 18 de novembro, em todo o país.