quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Venda de sentenças

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O Judiciário de Mato Grosso novamente é o foco de investigações da Polícia Federal. A operação desencadeada ontem por ordem do STJ deve ter muitos desdobramentos. Está sendo apurada venda de sentença. O prefeito de Poconé e o ex-prefeito de Alto Paraguai (que acabaram sendo cassados e conseguiram liminares para voltarem aos cargos) foram intimados a depor, bem como dois ex-juízes que prestaram esclarecimentos. Os federais também foram às residências de 6 desembardores e juízes onde apreenderam documentos e computadores.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Barba mais branca; couro mais grosso”

Ainda em seu discurso de posse, o deputado Nelson...

“Volto com pesar”

Nelson Barbudo (PL) foi empossado, há pouco, na Câmara...

Recurso para manter parque

O deputado Ludio Cabral (PT) defendeu que o Ministério...

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...