Ponto Final

Unesin ataca projeto

Dirigentes da União das Entidades de Sinop (Unesin) se reuniram, pela manhã, com a prefeita Rosana Martinelli e criticaram o projeto lei, aprovado pela câmara municipal, que desobriga a venda de chácaras sem asfalto e água. Eles pediram que a prefeita faça o veto. O projeto cria a Zona Urbana Específica para Regularização de Chácaras de Recreio (ZUECR), com 3.055 hectares, composto por 16 blocos de áreas e defende um estudo com definição de todas as áreas que precisam de regularização, pois nos projetos citados foram deixadas de fora áreas importantes como Chácaras São Lucas, Boa Vista e Boa Esperança, São Cristóvão 1 e 2, Maria Carolina 1, 2 e 3, Cavalão, Planalto, Tapajós, Shalon e Comunidade Vitória”. Um levantamento apontou que, se esse projeto for sancionado, Sinop pode ter prejuízo de R$ 595 milhões. O presidente da Unesin, João Carnelos, destacou que “a prefeita nos ouviu e entendeu a importância. Nosso desejo é que se vete esse projeto e um novo de regularização efetiva de áreas de chácaras já existentes seja criado. Antes do projeto ser aprovado, o assunto foi abordado com alguns vereadores que, em votação, foram favoráveis a aprovação.

Só Notícias