quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Temendo a cassação

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Os vereadores Gerson Francio (Jaburu) e Roseane Marques entraram com ações contra a comissão de ética da Câmara de Sorriso que investigou eles – e o vereador Chagas- no caso das denúncias que teriam pedido propina em troca de apoio político para o prefeito. Jaburu e Roseane tentaram liminares (que não foram concedidas) para impedir a sessão de 4ª quando será lido, em plenário, o relatório com o resultado das investigações e será conhecido o teor – pedindo cassação ou absolvição. A julgar pelos vários recursos ajuizados pelos 2 vereadores investigados, devem ter poucas esperanças que vão se livrar da cassação. A sessão está mantida e 10 suplentes foram convocados para ficarem de plantão porque tem 3 ocupando vagas dos 3 vereadores denunciados-afastados que não poderão votar.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Barba mais branca; couro mais grosso”

Ainda em seu discurso de posse, o deputado Nelson...

“Volto com pesar”

Nelson Barbudo (PL) foi empossado, há pouco, na Câmara...

Recurso para manter parque

O deputado Ludio Cabral (PT) defendeu que o Ministério...

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...