Ponto Final

Sonegação de R$ 300 milhões

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Renúncia e Sonegação Fiscal (CPI) aprovou o relatório do setor do agronegócio em Mato Grosso. Foi a última sub-relatoria na Assembleia a concluir os trabalhos. As anteriores foram de mineração, combustíveis e frigorífico. O deputado Carlos Avallone (PSDB), integrante da comissão, informou que foi identificado “um maior número de ocorrências na área do comércio atacadista. Vimos um volume de sonegação de R$ 900 milhões em três anos, o que daria R$ 300 milhões por ano, o que é muito para os cofres públicos”, afirmou. Ele ainda disse acreditar que as propostas contidas no relatório vão ajudar no combate à sonegação e na redução do tempo de tramitação de processos administrativos tributários.

Só Notícias