Ponto Final

Sinop perde verba

A prefeitura de Sinop teve que devolver R$ 307 mil para o ministério da Saúde porque foram desabilitadas propostas para construção e reforma de Unidades Básicas de Saúde, habilitadas em 2015, em decorrência do não cumprimento do prazo de execução e conclusão das obras. Em Sinop, foram três UBS que deveriam ter sido construídas nos bairros Menino Jesus, Camping Clube e Montreal Park. A habilitação para Sinop receber a verba foi em 2015, na gestão do ex-prefeito Juarez Costa. Já a licitação para construção foi definida em 2017, na administração da ex-prefeita Rosana Martinelli. Os dois gestores não fizeram não seguiram os procedimentos exibidos, não fizeram as obras e o ministério desabilitou os processos, exibindo a devolução dos recursos que acabou sendo feita, o que é muito lamentável diante da realidade da saúde pública municipal que precisa muito melhorar. Certamente, se Juarez e Rosana tivessem se empenhado mais as obras poderiam ter sido feitas e o recurso não teria sido perdido e esse fato comprova que, nem sempre em seus discursos, a saúde foi prioridade.

Só Notícias