Ponto Final

Secretário exonerado

A prefeitura de Cuiabá confirmou a exoneração do secretário interino de Saúde, Huark Douglas Correia, após a deflagração da operação Sangria que investiga o secretário, médicos e empresários acusados de fraudes em contratos para prestação de serviços na área de saúde. O Ministério Público Federal em Mato Grosso informou que emitiu recomendação ao prefeito Emanuel Pinheiro para afastar o secretário Huark Correia e adotasse providências administrativas ou judiciais para restituir aos cofres públicos o total dos valores indevidos pagos à empresa Sociedade Mato-grossense de Assistência em Medicina Interna (Proclin). Isso recomendado que a prefeitura anule as licitações e os contratos delas resultantes e contratos com a empresa. Outra recomendação para a prefeitura e relacionada para a Empresa Cuiabana de Saúde Pública, a Sociedade Mato-grossense de Assistência em Medicina Interna, a Qualycare Serviços de Saúde e Atendimento Domiciliar. As empresas citadas ainda não se manifestaram sobre a investigação.

Só Notícias