terça-feira, 21/maio/2024
PUBLICIDADE

Renegociação

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Silval conversou ontem, em Brasília, com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre renegociação da dívida de Mato Grosso com o governo federal. A intenção é que o Estado empreste, em instituições financeiras, com taxas fixas de juro abaixo de 18%, sem indexadores, e quite o débito de R$ 4 bilhões com o governo federal. O pagamento à União será feito e posteriormente o pagamento dos empréstimos aos bancos. O governo mato-grossense diz que economizará, com a renegociação da dívida, cerca de R$ 500 milhões. Silval e Blairo Maggi conversaram com secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, que vai responder, em 10 dias, a proposta.

 

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...

União de lideranças

O prefeito de Colíder e 1º vice-presidente da AMM,...

Novamente descaso

Outra vez o centro de Sinop voltou a ficar...

Distante da cidade

A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da...