Ponto Final

Redução nunca feita

Mauro Mendes afirmou que a redução do ICMS na energia, gasolina, diesel, gás naturale telecomunicações fará com que o Estado abra mão de R$ 1,2 bilhão de arrecadação “em favor do cidadão”.  “Fizemos uma redução de imposto que nunca se fez na história de Mato Grosso, e nem do Brasil. Nós abrimos mão de praticamente 5% da receita prevista para o ano que vem, em favor do cidadão, em favor do contribuinte, em favor das micro, pequenas e médias empresas”, declarou. O corte foi fruto de um longo trabalho, iniciado no primeiro dia de gestão, e que contou com o apoio da Assembleia, dos servidores públicos e da população. “Essa redução de impostos ocorreu de forma muito organizada e planejada. Pegamos um governo com uma situação muito ruim. Em janeiro de 2019, estávamos com salário atrasado, 13º atrasado, devendo Deus e o mundo, e essa situação precisava ser mudada. Então tomamos uma série de medidas, principalmente em corte de despesas e melhorar a arrecadação. Com isso, conseguimos equilibrar o Estado e colocar em marcha um grande programa de investimentos. Mato Grosso faz hoje o maior investimento entre todos os estados brasileiros. Estamos investindo em torno de 15% da nossa receita, enquanto a média é 3%, 5%. E isso nos permitiu fazer essa redução porque criamos as condições para isso”, resumiu.

Só Notícias