Ponto Final

Ramais em Lucas e Mutum

A diretoria da Rumo (antiga ALL), concessionária responsável pela ferrovia em Mato Grosso, se reuniu com o governador Mauro Mendes, ontem à tarde, no Palácio Paiaguás, e confirmou que o Estado será beneficiado diretamente com aumento o no investimento e expansão da malha, assim que for autorizada a renovação da malha paulista usada para escoamento de grãos até porto em Santos e transporte para Mato Grosso de combustível e outros produtos. O planejamento da empresa é de levar os trilhos da ferrovia para as cidades de Cuiabá, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum (dois grandes produtores de soja e milho na região Norte). Ao todo, o projeto prevê a construção de três novos terminais para o transporte da produção agrícola e industrial. O primeiro passo é levar os trilhos de Rondonópolis a Cuiabá e depois até Mutum (extensão de 250 km mas com traçado que pode ser inferior). A ferrovia agiliza o escoamento da produção e reduzirá o custo de transporte.

Só Notícias