quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Querendo derrubar a comissão

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O plenário da Câmara de Sorriso decide, nesta segunda-feira, se acata a denúncia de suspeição contra o relator da comissão de ética, João Mattos, que apura as denúncias que 3 vereadores teriam pedido dinheiro em troca de apoio ao prefeito. O presidente Luis Fabio Marchioro recebeu a denúncia e decidiu submetê-la ao plenário. Mas não interrompeu os trabalhos da comissão. Gerson Francio (Jaburu), um dos vereadores investigados, aponta que o relator teria ligação com um dos denunciantes, Zilton Mariano (que é secretário municipal). É mais uma tentativa de barrar a comissão para afastar o risco de eventual pedido de cassação de mandato. A comissão investiga Jaburu, Chagas Abrantes e Roseane Marques (que estão afastados de suas funções) e deve apresentar relatório até dia 12. Na justiça, Jaburu não conseguiu derrubar a comissão.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Barba mais branca; couro mais grosso”

Ainda em seu discurso de posse, o deputado Nelson...

“Volto com pesar”

Nelson Barbudo (PL) foi empossado, há pouco, na Câmara...

Recurso para manter parque

O deputado Ludio Cabral (PT) defendeu que o Ministério...

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...