Ponto Final

Quebra de sigilo

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) também autorizou quebra de sigilo bancário do ex-presidente da Assembleia e ex-conselheiro do TCE Sergio Ricardo e de 13 empresas em Mato Grosso, de 2012 a 2016. Vão ser checadas denúncias de corrupção e enriquecimento ilícito feitas na delação premiada do ex-governador Silval Barbosa. Os ex-conselheiros Antonio Joaquim, Jose Novelli, Waldir Teis e Walter Albano também seguem sendo investigados.

Só Notícias