Ponto Final

Pressão em Bolsonaro

Os ex-deputados Júlio Campos (DEM) e Nilson Leitão (PSDB) e o chefe do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília, Carlos Fávaro (PSD), pré-candidatos ao Senado, decidiram pressionar o presidente Jair Bolsonaro para que não participe com apoio na eleição suplementar de senador em 26 de abril. Os 3 se reuniram com os ministros Onix Lorenzoni (DEM) da Casa Civil, Ana Tereza Cristina (DEM) da Agricultura, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) e o filho do presidente, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), informa A Gazeta. Bolsonaro estaria cogitando apoiar o deputado Jose Medeiros (Podemos), que já foi senador, e tem sido defensor do presidente.

Só Notícias