Ponto Final

Pedido de cassação

O Ministério Público Estadual (MPE) ingressou com uma ação civil pedindo a cassação do mandato do deputado Romoaldo Júnior (MDB), acusado de participar de um esquema que teria desviado R$ 9,4 milhões dos cofres da Assembleia Legislativa. Os desvios teriam ocorrido em 2012, quando o parlamentar chefiava a Casa de Leis. Liminarmente, a Promotoria pediu que ele seja afastado do atual mandato. Segundo a petição inicial entregue à Justiça, o esquema ainda teria tido participação dos ex-deputados José Geraldo Riva, Gilmar Fabris e Mauro Savi, além do ex-procurador da Assembleia, Anderson de Godoi, servidores do Poder Legislativo, e empresários.

Só Notícias