Ponto Final

OAB cobra apuração a fake news

A OAB Mato Grosso apresentou na Polícia Federal notícia-crime que requer abertura de inquérito para apuração e responsabilização dos criadores de vídeo falso por difamação. O vídeo, que circula em aplicativos de mensagens, sugere que a OAB esteja intervindo em favor do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que foi afastado do cargo, na última segunda-feira pela justiça durante a operação Capistrum, que foi feita pelo Ministério Público também pela Polícia Civil, que investiga atos ilícitos na secretaria de Saúde. No vídeo, narrador imita a voz de Pinheiro e cita nominalmente o presidente da OAB Mato Grosso, Leonardo Campos, e a  vice-presidente, Gisela Cardoso, afirmando que estes estariam tomando providências quanto ao afastamento do gestor. Na notícia-crime, a OAB deixa claro que “trata-se de disseminação de notícia falsa, uma vez que a OAB em nada interveio ou intervirá no deslinde dessa causa”.

Só Notícias