Ponto Final

‘Não é hora de disputa’

O presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso, Gustavo de Oliveira, apontou, em artigo, que, há,na “abertura desta terceira semana da crise do coronavírus em Mato Grosso, um cenário político tenso: governadores em queda de braço com o presidente de República, o Congresso Nacional e o Poder Judiciário também em desacordo com estes. E os prefeitos municipais, em ano de eleição nas cidades, pressionados a tomar decisões que podem impactar muito o destino político de todas as cidades do país em uma eleição que ainda não se sabe se ocorrerá. Na agenda desta semana dos agentes públicos, precisamos ter muitas horas de conversas, de debates, de discussões – mas todas elas com foco em um consenso sobre a estratégia adequada para o enfrentamento da crise. É isso que a sociedade espera. É isso que empresários e trabalhadores esperam. É contando com isso que entidades como o Sistema Fiemt continuam atuando, firmes, contribuindo da melhor forma possível na busca por soluções práticas, que respeitem a saúde da população, com o menor impacto possível à economia e, principalmente, à dimensão social. Com um inimigo tão poderoso já disseminado em nossa sociedade, fazendo diariamente vítimas nos hospitais, nas filas de desempregados e nos pedidos de assistência social, a discórdia e a disputa não podem ser servidos como prato principal nesses encontros. Não é hora de disputa. A hora é de união”.

Só Notícias