Ponto Final

“Não critico”

“Não critico a Polícia Federal ou a Justiça. Eles estão fazendo um bom trabalho. Tem muita coisa que tem que ser investigada e eu não tenho problema em ser investigado. O problema foi a forma que foi feito. Não precisava ter me prendido”. A declaração é do deputado federal eleito Neri Geller (PP) referindo-se a sua prisão, mês passado, em operação da Polícia Federal que investiga suposto pagamento de mensalinho, de R$ 250 mil, por parte da JBS, por medidas quando era ministro da Agricultura para beneficiar a empresa. Neri ficou 4 dias preso, em Rondonópolis, e prestou esclarecimentos na investigação que prossegue.

Só Notícias