Ponto Final

Maioria não quer

A Assembleia não deve apreciar, este mês, o projeto de lei do deputado Ulysses Moraes para suspender s verba indenizatória de R$ 65 mil mensais para cada um dos 24 deputados. Na sessão virtual, desta 2ª feira, 12 deputados foram contrários ao projeto tramitar com dispensa de pauta. Com isso, vai tramitar dentro do prazo regimental e, com isso, não deve ser votado este mês. O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, afirmou que o assunto já foi discutido dentro do parlamento e por isso era contra o retorno do tema e o secretário-geral, Max Russi, afirmou que ficou decidido que cada parlamentar decidiria por conta própria quanto devolveria. Ulysses defendeu no projeto que 100% das verbas indenizatórias sejam destinados ao combate ao Covid-19. “Em apenas 90 dias já serão economizados R$ 4,6 milhões que podem ser utilizados na compra de 150 respiradores, um dos principais aparelhos para o tratamento do coronavírus. Mato Grosso já tem uma morte causada, por isso está na hora de dar o exemplo”. Mas há uma imensa falta de vontade por parte maioria dos deputados em abrir mão de verba. O próprio presidente Botelho é um dos que não está nem um pouco com vontade.

Só Notícias