Ponto Final

Lockdown em MT

O prefeito de Emanuel Pinheiro quer que a decisão do juiz José Leite Lindote, de decretar em Cuiabá lockdown, a quarentena coletiva obrigatória, por 15 dias, se estenda para todos os municípios do Estado. Caso contrário, entrará com recurso para que seja revisto o ato do magistrado titular da Vara Especializada da Saúde Pública. O receio dele é que a medida gere um colapso econômico e social em Cuiabá e Várzea Grande. “Cuiabá fez o dever de casa e querem que paguemos o preço por quem não fez. Isso não é justo. Se tivermos que decretar o lockdown, que façamos no Estado inteiro. Não tem sentido prender a população dentro de casa, tirar o seu emprego, quebrar as empresas da nossa capital. Não é justo aplicar tudo isso em Cuiabá e deixar aberto o restante do Estado”, pondera. Até ontem, Cuiabá estava com 113 mortes e Várzea Grande 79.

Só Notícias