Ponto Final

Investigação suspensa

O Supremo Tribunal Federal (STF) acatou o pedido da mesa diretora da Câmara Federal e suspendeu a ordem de busca e apreensão da Delegacia Fazendária de Mato Grosso (Defaz) contra a deputada federal Rosa Neide (PT), no bojo da Fake Delivery, realizada no dia 19 passado. A decisão é do ministro Alexandre de Moraes, que também solicitou a ” suspensão imediata do respectivo inquérito policial, em que ela figuraria como investigada, com o envio imediato dos autos e de todo material apreendido a esta Corte resguardando se o devido sigilo”, diz trecho da decisão da última sexta-feira. A polícia cumpriu mandado judicial de busca e apreensão na casa dela, em Cuiabá. O então secretário adjunto na época que ela comandava a secretaria, Francisvaldo Pereira de Assunção, foi preso na operação. Polícia e MP investigam desvio de R$ 1,1 milhão de materiais escolares

Só Notícias