Ponto Final

Imploramos…

O vice-governador Otaviano Pivetta lamentou que os servidores da Educação continuam em greve. “Foi pedido, foi implorado para que não acontecesse”, pois não existem condições financeiras de se pagar qualquer tipo de aumento ou reajuste. “Nós pegamos o Estado há menos de 6 meses e a situação financeira do Estado todo mundo sabe. Acredito que não é o momento de fazer queda de braço, fazer greve, isso foi pedido, foi implorado para que não acontecesse, mas a gente respeita a decisão do setor, é um setor importante para o Estado”, enfatiza Pivetta.

Só Notícias