terça-feira, 21/maio/2024
PUBLICIDADE

Henry e crise no PP

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O secretário de Saúde Pedro Henry pode deixar a secretaria e voltar para a Câmara dos Deputados. Uma das principais lideranças do PP, ele deve conduzir articulações para ajudar o partido sair da crise envolvendo as denúncias de irregularidades no Ministério das Cidades. Se Henry sair, Roberto Dorner permanece na Câmara, na vaga de Eliene, e Neri Geller voltaria para a suplência. Para quem não se recorda, Pedro Henry esteve no olho do furacão no caso mensalão no governo Lula. Foi um dos acusados de receber vantagens indevidas e não foi cassado.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...

União de lideranças

O prefeito de Colíder e 1º vice-presidente da AMM,...

Novamente descaso

Outra vez o centro de Sinop voltou a ficar...

Distante da cidade

A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da...