Ponto Final

Gigantesca

Mauro Mendes reforçou que as medidas que anunciou nesta 2ª para milhares de empresas buscam “aliviar um pouco as dificuldades que estão passando centenas de micro empreendedores. Já registramos forte desaquecimento na Economia do Estado e isso acendeu luzes amarelas em alguns setores e em outros a luz vermelha. O governo vai ter profundas dificuldades e estimamos para abril queda no ICMS (Imposto circulação Mercadorias e Serviços) entre 40 a 50%. Será queda gigantesca e teremos grandes dificuldades”. “Provavelmente em maio será maior”, previu.

Só Notícias