Ponto Final

“Genuína sensibilidade”

O Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem) emitiu nota pública, hoje, manifestando reconhecimento pela aprovação do decreto de autoria do governo do Estado, que congelou o preço do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em 2022. Na avaliação da entidade, a medida demonstra uma “genuína sensibilidade” por parte do governo estadual e também dos parlamentares. “O sancionamento do decreto determina, pois, que ao IPVA deste ano não seja refletido o aumento registrado pela tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), de modo a garantir o menor impacto possível sobre o contribuinte e, preservando os valores praticados em 2021. A este respeito, percebemos haver a genuína sensibilidade por parte do Governo do Estado e dos parlamentares em vista da demonstração de avaliação coerente da turbulência econômica advinda da pandemia. Sendo assim, entendemos que medidas que visam beneficiar a coletividade são imprescindíveis para prover as melhorias necessárias para o setor produtivo e toda sociedade mato-grossense”, diz o presidente do Cipem, Rafael Mason.

Só Notícias