Ponto Final

Geller se irrita sobre nova articulação

Lideranças do grupo pró-Lula em Mato Grosso e o deputado federal Neri Geller (PP) não chegaram, esta tarde, a um consenso sobre a definição da chapa ao Senado e ao governo, que buscam fortalecer a candidatura do ex-presidente em Mato Grosso. Alguns dirigentes de partidos querem a primeira dama da capital, Marcia Pinheiro (PV) candidata a governadora. Neri afirmou que deseja que ela seja primeira suplente como havia sido combinado anteriormente. Uma ala da federação Brasil de Esperança, formada pelo PT, PV e PC do B, articula para ela disputar o governo, o que tem irritado Gellerr.  “Eu entrei no processo para dona Márcia ser minha primeira-suplente. Isso nós reafirmamos hoje. A questão de governo nós deixamos para um segundo momento. Deixei bem claro que eu entrei no processo de Senado com a condição de ter a primeira-dama como suplente. Se isso mudar a gente tem que sentar na mesa e conversar de novo”, disse.

Só Notícias