quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Falha de gestão

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O TRE já havia dito não quando Ságuas era secretário de Educação. Ontem, manteve a proibição de contratar professores para a rede estadual. Por unanimidade, o entendimento é que a lei eleitoral não abre excessões durante o período eleitoral para serem contratados servidores públicos. Na prática, o TRE constata que faltou planejamento e organização para a Secretaria Estadual de Educação. Será que nos anos anteriores não houve este problema (professores atuais se licenciarem por motivos diversos) ? Em 3 anos não conseguiram se organizar ? Nas escolas, em várias cidades, muitos alunos continuam sem aulas em determinadas disciplinas.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Barba mais branca; couro mais grosso”

Ainda em seu discurso de posse, o deputado Nelson...

“Volto com pesar”

Nelson Barbudo (PL) foi empossado, há pouco, na Câmara...

Recurso para manter parque

O deputado Ludio Cabral (PT) defendeu que o Ministério...

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...