Ponto Final

Ex-prefeito inelegível

O ex-prefeito de Marcelândia, Adalberto Navair Diamante, não conseguiu reverter a condenação por improbidade administrativa imposta pelo juiz Adalto Quintino da Silva, em outubro de 2016. Ele teve os direitos políticos suspensos por cinco anos por não ter aplicado o mínimo constitucional de 25% para “manutenção e desenvolvimento do ensino”, durante o exercício de 2006. Além da suspensão dos direitos políticos, o magistrado ainda aplicou multa de 30 vezes o valor da remuneração que Adalberto recebia enquanto prefeito em 2006. O Tribunal de Justiça, porém, entendeu que a multa não foi proporcional ou razoável e a reduziram para cinco vezes o valor da remuneração do ex-prefeito. Adalberto, que foi prefeito de Marcelândia por duas vezes, entre 2005 e 2012, ainda pode recorrer da decisão.

Só Notícias