Ponto Final

“Dia triste”

O deputado bolsonarista Nelson Barbudo criticou a decisão do STF que, por 8 a 3, anulou as condenações impostas pelo ex-juiz Sergio Moro no âmbito da operação Lava Jato e tornou o ex-presidente Lula elegível para a eleição do ano que vem. “Que país é esse?”. “Dia triste para o Brasil de bem. Acompanharam a decisão de Fachin os Ministros: Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, iRcardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber. Sendo assim, as condenações da Lava Jato se perdem e Lula retoma seus direitos políticos, estando apto pela lei da Ficha Limpa”, postou Barbudo, em sua rede social.

Só Notícias