Ponto Final

Deputado réu

O juiz eleitoral Cleber Luis Zeferino de Paula recebeu, hoje, a denúncia do Ministério Público Eleitoral e decidiu tornar réu o deputado federal Juarez Costa (MDB) por crimes de calúnia e difamação contra o prefeito de Sinop, Roberto Dorner (PSD), por conta de um vídeo que circulou na campanha eleitoral, há cerca de dois anos. Juarez foi apontado pela Polícia Federal como o responsável pela divulgação de vídeos apócrifos que acusaram Dorner de pedófilo durante as eleições, quando disputava a prefeitura com Dorner. De acordo com a Polícia Federal, os indícios de autoria dos vídeos que acusavam Dorner de pedofilia seriam de responsabilidade de Juarez e Ladimir Dal Bosco, seu candidato a vice na época. “Apesar de terem negado participação na divulgação dos vídeos, imputando a responsabilidade a equipe de marketing, o fato foi contestado pela empresa”, que afirmou ter sido o ‘candidato quem fez os contatos e pediu a nossa contratação’ e, ainda , ‘os responsáveis pelo conteúdo dos programas e inserções são sempre os candidatos, ou alguém designado por ele”, diz trecho do relatório policial.

Só Notícias