Ponto Final

Decisão não muda

O presidente Davi Alcolumbre, disse, hoje, que não cabe ao Senado mudar o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral que cassou os diplomas eleitorais da senadora Selma Arruda (Podemos) e dois dois suplentes, por abuso de poder econômico e caixa 2 na eleição. “É um ato declaratório, não temos capacidade de deliberação. É um ato de declaração. É isso que está assegurado e vamos cumprir”, disse, esta tarde. Selma agora começa apresentar sua defesa e a tendência é que permaneça até março no mandato. A partir de agora, são 10 dias para defesa, 5 dias para o relator apresentar sua conclusão e mais 5 para a mesa diretora comunicar a decisão ao plenário.

Só Notícias