Ponto Final

Da campanha ilegal para Saúde

A Procuradoria Regional Eleitoral em Mato Grosso pediu ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a destinação de cerca de R$ 1,3 milhão das campanhas políticas irregulares para o combate à Covid-19. O valor corresponde ao total de 25 processos de contas de campanha das eleições de 2018 com pedidos de ressarcimentos de recursos federais utilizados irregularmente, especialmente do Fundo Especial. Devido ao estado de emergência de saúde pública, a procuradoria defende a destinação do dinheiro para os fundos de saúde. O valor de R$ 1,3 milhão coincide com o total já obtido pelo MPF junto à Justiça Federal em Mato Grosso, desde o último dia 20.

Só Notícias