segunda-feira, 20/maio/2024
PUBLICIDADE

Criminoso

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O senador Pedro Taques fez ontem seu 1º pronunciamento no Senado. E já começou “quente”. Sem meias palavras, discordou do senador paulista Eduardo Suplicy, que leu carta do ativista italiano Cesare Battisti (alegando inocência), condenado por terrorismo e que está no Brasil. Taques classificou Battisti de “criminoso” e disse que o Brasil não pode ser esconderijo de foragidos da justiça.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Novamente descaso

Outra vez o centro de Sinop voltou a ficar...

Distante da cidade

A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da...

Sorriso premiada

Sorriso foi premiada, em São Paulo, com Prêmio Inova...

Decisão do PL para deputados

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto,...