Ponto Final

CPI – ‘retomada’

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Renúncia e Sonegação Fiscal da Assembleia Legislativa voltou ao trabalho hoje, após a suspensão das atividades por conta da pandemia e aprovou dez requerimentos apurando indícios de sonegação de impostos e renúncias fiscais indevidas em Mato Grosso. Um é para o comitê nacional de secretários de Fazenda (Consefaz) explicar todas as modificações feitas nos procedimentos e na aplicação da Lei Kandir (aprovada em 2020), e o impacto financeiro causado às unidades da federação brasileira. O presidente da comissão, Wilson Santos, requereu, ainda, informações do ministério da Agricultura sobre as exportações de carnes de 2010 até este ano e também quer dos órgãos estaduais dados do impacto causado pelo novo coronavírus nas exportações de carne mato-grossense.

Só Notícias