Ponto Final

CPI quer afastar prefeito

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, por suposta quebra de decoro e obstrução de justiça, aprovou um relatório paralelo ao oficial e pediu seu o afastamento do cargo por 180 dias, bem como a abertura de comissão processante que pode culminar na cassação de seu mandato. O relatório da CPI do “Paletó”, como ficou conhecida, foi apresentado durante a última reunião do grupo, realizada nesta sexta-feira. Elaborado pelo vereador Sargento Joelson (SD), teve o voto favorável do vereador Marcelo Bussiki (DEM), presidente da CPI. Toninho de Souza (PSD), relator da comissão, apresentou relatório também, mas foi voto vencido.  Ele defendeu a tese de ser “impossível” responsabilizar o prefeito pois o vídeo em que aparece recebendo maços de dinheiro e os colocando no paletó teria ocorrido na época em que ele era deputado estadual e não no mandato de prefeito.

Só Notícias