quarta-feira, 29/maio/2024
PUBLICIDADE

Corte

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Silval disse que servidores da Educação que mantém greve terão dias não trabalhados descontados. Ele ficou irritado com  a decisão da categoria em manter o movimento grevista, mesmo com decisão judicial contrária. O governador também disse que cedeu para o piso ir para R$ 1.312 mas aponta que alguns sindicalistas estariam fazendo outras exigências que o governo discorda. Na versão de Silval, o valor do piso o governo topa. Vamos ver como o Sintep reagirá.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Prejudica a economia

O prefeito de Sinop, Roberto Dorner, participou, em...

Mais avanços

O governador Mauro Mendes afirmou, hoje, em encontro com...

Fraude à licitação e peculato

A Polícia Federal deflagrou, esta manhã, a operação Miasma,...

Vão pra Bahia

O governo Mauro Mendes (União) iniciou tratativas com uma...