Ponto Final

Contra a redução

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, é contra a proposta feita hoje pelo presidente Bolsonaro -que será votada pelo Congresso- de incorporar municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria inferior a 10% da receita total. Em Mato Grosso, 34 municípios seriam anexados cortando estruturas de 34 prefeituras, cargos e outras despesas. “Recebemos com surpresa esta proposta. Estamos analisamos com muita cautela, mas de pronto, a nossa posição é contraria a extinção dos municípios de Mato Grosso”, bradou Fraga, através da assessoria. Na prática, o corte de municípios também representa redução na arrecadação da AMM, outro ponto que desagrada Fraga, além da possível redução de ‘prefeitos aliados’.

Só Notícias