Ponto Final

Contagem regressiva

O ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, deve deixar, dentro de 30 dias, a prisão domiciliar que vem cumprindo desde dezembro no município de Matupá, no Nortão. Em março (13), ao completar 3 anos e 6 meses em regime domiciliar, conforme estabelecido na delação premiada, ele passará ao regime semiaberto. O cálculo leva em consideração os 21 meses que o ex-governador esteve preso em regime fechado – de 17 de setembro de 2015 a 13 de junho de 2017 -, somados aos 21 meses em prisão domiciliar – de 13 de junho de 2017 até 12 de março de 2019. Silval foi condenado por corrupção durante seu governo e fez delação premiada que continua tirando sono de diversos políticos no Estado.

 

Só Notícias