Ponto Final

Cassação de diploma

O promotor de Justiça, Luiz Gustavo Mendes de Maio, quer cassar o diploma eleitoral do vereador em Sinop Célio Garcia (DEM) por indícios de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral, em novembro do ano passado. O parlamentar deverá apresentar defesa no prazo de cinco dias. O parecer mencionado na ação é que o vereador emitiu cheques, relacionando-os com determinadas despesas de campanha, porém, tais títulos de crédito, inusitadamente, foram creditados na conta do doador. Por conta disso, há fortíssimos indícios de que as despesas vinculadas aos cheques constituem uma simulação fraudulenta com intuito de ocultar uma movimentação financeira ilícita.

Só Notícias