segunda-feira, 20/maio/2024
PUBLICIDADE

Câmara não recebe documentos

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A Câmara de Sorriso não recebeu do Ministério Público cópias das denúncias feitas pela prefeitura contra alguns vereadores sobre suposta cobrança de propina em troca de apoio para apoiar projetos do Executivo. O presidente Luis Fabio lamentou a decisão do MP. As investigações da promotoria estão em segredo de justiça. O vereador Gerson Francio (Jaburu), um dos denunciados, anunciou afastamento do legislativo enquanto sejam feitas as investigações. Ele também pediu que o prefeito Chicão Bedin se afaste. Hilton Polesello, que já presidiu o legislativo, disse que é preciso refletir também sobre a criação de uma CPI para apurar o caso.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Novamente descaso

Outra vez o centro de Sinop voltou a ficar...

Distante da cidade

A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da...

Sorriso premiada

Sorriso foi premiada, em São Paulo, com Prêmio Inova...

Decisão do PL para deputados

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto,...