sábado, 25/maio/2024
PUBLICIDADE

BRT mantido

Só Notícias
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A ministra do Superior Tribunal de Justiça, Regina Helena Costa, negou recurso solicitado pela prefeitura de Cuiabá para rever a decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso que autorizou o governo do Estado a construir o Bus Rapid Transit (BRT), o ônibus rápido, no lugar do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que nunca saiu do papel desde 2014 e deixou muitos prejuízos para os cofres públicos. O prefeito queria que fosse construído o VLT mas a ministra manteve o ônibus rápido que ligará Cuiabá a Várzea Grande.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Forte crescimento industrial

O governador Mauro Mendes disse, nesta 6ª feira, que...

Deputado se licencia

O deputado federal Juarez Costa entrou em licença por...

Rocha na disputa

O vereador e suplente de deputado estadual Adenilson Rocha...

Ampliação de aeroporto

O aeroporto regional de Sorriso Adolino Bedin terá obras...