Ponto Final

Bens bloqueados

A justiça deferiu a liminar requerida pelo MP e decretou a indisponibilidade dos bens de Altir Antonio Peruzzo e do espólio de Hermes Lourenço Bergamim, até o limite de R$ 222 mil. A medida visa a recuperação e restituição aos cofres públicos, em caso de condenação, por ato de improbidade administrativa o prefeito Altir é acusado, juntamente como ex-prefeito falecido em 2018, Hermes Bergamim, por não regularizar o cemitério municipal, apesar de insistentemente notificados para tanto, bem como por causarem lesão ao erário decorrente da negligência em razão das multas suportadas pela fazenda pública e pela condenação em dano moral coletivo ocorrido em outra ação civil pública

Só Notícias