quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Ataques de suplentes

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Pode ter sérios desdobramentos políticos o embate entre José Medeiros e Paulo Fiuza, suplentes do senador eleito Pedro Taques (PDT). Medeiros, que é de Rondonópolis, diz ter sido ameaçado por “aliados” de Fiuza para desistir de ser 1º suplente. Disse ter recebido ameaça de morte. Fiuza, que é de Sinop, disse estar “pasmo” com a acusação do companheiro e negou qualquer tipo de ameaça. Haveria suspeitas que a ata da convenção com a mudança de suplentes (quando Zeca Vianna deixou de ser candidato a suplente e foi disputar vaga na Assembleia) e Medeiros entrado, poderia ter ocorrido alteração ou “falsificação”. O caldo deve entornar.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

‘Barba mais branca; couro mais grosso”

Ainda em seu discurso de posse, o deputado Nelson...

“Volto com pesar”

Nelson Barbudo (PL) foi empossado, há pouco, na Câmara...

Recurso para manter parque

O deputado Ludio Cabral (PT) defendeu que o Ministério...

‘Não podemos falhar’

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) instalou, hoje,...