Ponto Final

Apromat não quer Eder

A Associação dos Procuradores do Estado de Mato Grosso (Apromat) divulgou nota, no final da manhã, manifestando “seu apoio total e irrestrito aos procuradores do Estado que subscrevem a ação de dissolução parcial de sociedade, que visa impedir uma eventual posse no Conselho de Administração da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S/A (Desenvolve MT) do ex-secretário de Fazenda Éder de Moraes Dias”. “O pedido formulado à justiça pelos procuradores faz parte da missão institucional da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que é a de zelar pela coisa pública e garantir que os atos praticados pela gestão sejam pautados pelos princípios da moralidade, legalidade e transparência. O ex-secretário possui condenações por crimes contra a administração pública e, no entendimento da PGE, não pode fazer parte do conselho de administração de uma agência tão importante”, expõe a associação.

Só Notícias