Ponto Final

Apoio para a redução

O secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, anunciou que espera apoio dos deputados para aprovarem o pacote de corte de impostos, anunciados hoje pelo governador Mauro Mendes. A intenção do governo é a partir de janeiro a redução no ICMS da energia, óleo diesel, gasolina, gás e telecomunicações entrarem em vigor. Juridicamente, não pode vigorar até o final de 2021.

Só Notícias