Ponto Final

14 x 9

O governo do Estado teve uma vitória apertada ontem à noite, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso durante a votação do Projeto de Lei Complementar  96 que aumenta a alíquota previdenciária dos servidores públicos do Estado de 11% para 14% dos seus salários. Com 14 votos favoráveis e 9 contrários, a reforma da Previdência estadual foi aprovada em primeiro turno e deve entrar na pauta de votação hoje novamente, embora a decisão final ainda possa ser postergada para amanhã. Após a aprovação, o líder do governo no parlamento, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), convocou uma sessão extraordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), da qual é presidente, para avaliar a legalidade do projeto Mas o deputado Lúdio Cabral (PT), pediu vista e ganhou 24 horas para analisar a matéria. O governo sustenta que, se não aumentar a contribuição por parte do servidor, a Previdência estadual que há anos está no vermelho, terá rombo gigantesco a curto prazo

Só Notícias